Será que você precisa sofrer tanto?

Em 24/05/2016 , Comments

Será que realmente você precisa sofrer tanto na sua vida?

Será que você precisa sofrer tanto para ser uma pessoa melhor? Será que não há outra forma para aprender senão pela dor? Estamos em pleno século XXI e ainda precisamos que sejam criadas situações para nos chamar a atenção que estamos desviando do nosso caminho! Até quando iremos precisar dos conflitos em relacionamentos, dos problemas financeiros, de doenças, do sentimento de viver sem sentido, com um vazio terrível no peito?

Assim como você, eu não aprendi a forma certa de crescer. Assim como você, ninguém me ensinou o que estou prestes a te ensinar. Infelizmente, não aprendemos nos bancos escolares sobre o verdadeiro significado da vida. Somos vulneráveis, indefesos ao ponto que um vírus pode nos matar. Quem nos protege? Quem nos defende? Porque estamos vivendo desse jeito? Atolados em dívidas, não suportando mais a ideia de ter que levantar na segunda-feira, não aguentando mais nossos relacionamentos, desesperados por estar fazendo tudo direitinho e mesmo assim, estar péssimo, sem nenhuma perspectiva de futuro feliz.

Me chamo Aline Schulz e há mais de 10 anos lido com a dor humana buscando desvendar o motivo dela ser necessária na sua vida. Eu atendi por mais de 10 anos em consultório, ministrei centenas de palestras e cursos e constatei que toda a dor humana se afunila em um único ponto. A pessoa não evoluir.

Por que alguém iria querer evoluir se isso provoca uma bagunça em nossa vida? Por que alguém iria querer investigar a si mesmo se na sua vida tem tudo: dinheiro, trabalho estável, família, férias todos os anos, etc. Por um motivo: não ser verdadeiramente feliz. Lá no fundo você sabe que falta algo, mas não sabe o que é.

Se você não é feliz é porque você não está no lugar certo, fazendo o que deveria fazer e com as pessoas de acordo. Pode ser que você, assim como milhares de pessoas estejam cegas, vagando sem rumo pela sua vida. Procurando preencher essas lacunas com compras, viagens, carros, plásticas, vícios, etc. Se você é uma dessas pessoas que busca preencher a sua vida com bens materiais sinto muito em dizer: o buraco que você tem no peito, que parece se rasgar vem de uma dor da alma.

A sua alma clama para você ser você mesmo. A sua essência implora para que você se coloque em primeiro lugar na sua vida. Seu espírito precisa da experiência para crescer e você não quer isso. Sua criança interior grita no seu peito para que a liberte. A sua vida é uma mentira e constantemente você finge não ver nada. A pergunta a ser feita é: até quando? Até quando você conseguirá camuflar para si mesmo que o jeito que você leva a sua vida não está bom?

Uma vida sem propósito, sem foco, sem consciência, sem plenitude, sem abundância, sem harmonia nas relações é apenas um rascunho do verdadeiro plano feito para você, com você. Mesmo que você não tenha aprendido sobre isso, dentro de você algo sinaliza que é verdade. Há um propósito maior para tudo isso. Essa vida não pode ser apenas da casa para o trabalho e vice-versa. Não há sentido se a morte for o fim. É muito injusto para quem comete todo o tipo de atrocidade e violência atualmente. Tem que ter algo a mais...

É chegada a hora de você se decidir. Cada vez mais a humanidade está se dividindo ao meio: de um lado quem não quer saber de nada e do outro quem quer entender como tudo funciona. Existe um público que até tem noção, mas não escolhe viver plenamente nesse propósito. Um grupo de pessoas que sofre muito por saber e não fazer nada. Não há mais espaço para meio termo, para o morno. É preciso tomar decisões e arcar com as consequências delas.

É a sua hora. Esse é o seu momento. O rumo da sua história de vida está nas suas mãos. Assumir as rédeas da sua existência é um ato de coragem. Quanto de você realmente quer seguir em frente nessa caminhada evolutiva. Acredito que se você chegou até aqui nesse artigo você esteja com vontade. Existe em você uma chama que pede para ser alimentada todos os dias com os nutrientes certos para você.

Mas, aonde eu posso conseguir os nutrientes certos? Onde encontrar o caminho que me explicará tudo e de uma forma imparcial? Sem vínculo religioso? Em quem posso confiar? Como saber o que é preciso fazer?

Simples: dia 29/05/16, às 20h, AQUI.

Venha somente se você decidir preencher seu vazio no peito.  O que acontecerá no dia 29/05 não é para qualquer um, embora todos possam ter acesso. Se você faz parte do grupo de quem nem está aí, que a dor ainda não foi o suficiente ao ponto de você buscar um caminho o que vou revelar não é para você. Não me leve a mal, mas faça algo que você está mais afim. Caso não queira assistir, não tem problemas, não é seu momento, mas um dia ele chegará e você irá se lembrar de mim. Nesse dia, estarei com as portas abertas para você, assim como no dia 29/05.

Pense, reflita e tome a sua decisão. Afinal, se você morresse nesse exato instante, ao ler esse artigo, sua vida teria valido à pena? Você sairia dela com o sentimento de dever cumprido? Sim? Parabéns. Não? Então, te encontro no dia 29/05, às 20h nesse link para te ensinar a como mudar isso.

Com carinho,
Aline Schulz

 

-------------------------------------
Me acompanhe de pertinho nas redes sociais
- Facebook: Aline Schulz
- Twitter: @alineschulz
- Instagram: @alineschulz
- Periscope: @alineschulz
- Youtube: Aline Schulz