Cansei de fazer o certo

Em 03/05/2017 , Comments

Cansado de somente fazer o que é o certo e mesmo assim ser zoado, ridicularizado, desmerecido? Batalhando para fazer o bem, mas sempre leva a pior? Por mais que se esforce, nem um obrigado você recebe? Parece que ninguém percebe o que você tem feito, se esforçado e buscado alcançar, por você e até mesmo pelos outros?

Para tudo!

É hora de refletir. É hora de buscar o real motivo disso acontecer nesse momento ou durante toda a sua vida. Afinal, nem tudo parece ser como você acredita que é. Quando se faz o bem e se fica bravo, chateado, magoado por não perceberem, é possível notar que não estamos fazendo pelo motivo adequado para nós. Algo está fora do lugar.

Reconhecimento

Todos nós queremos nos sentir amados, pertencendo a algum lugar, em algum grupo. Não nascemos para sermos uma ilha e é nesse ponto que desejo chegar: o de agirmos com esse propósito. De nos sentir acolhidos. Quando isso não acontece, sentimentos como irritação e a frustração surgem para revelar que nossa vida está centrada na pessoa (ou pessoas) errada.

Quem manda na sua vida?

Existe alguém que você não consiga ficar sem receber o aval de que está tudo bem para então seguir em frente? Sim? Não fique triste se perceber que sim... A maioria de nós não consegue tomar decisões sozinhos. Poucos são os que decidem somente baseados em si mesmos, e olha que muitos deles o fazem porque não tem outra alternativa, porque se pudessem... Como somos carentes por natureza, tendemos em algum ponto ser inseguros e buscarmos preencher essa lacuna com coisas, pessoas, objetos, comida, etc.

Um estilo de vida

Construir um estilo de vida em que ouse olhar para si mesmo, identificando onde estão suas lacunas, é fundamental para todo aquele que deseja melhorar como pessoa. Quando você decide basear a sua vida naquilo que você sente ser a sua verdade interior, dificilmente você fica revoltado pelo fato de ter decidido trilhar um caminho baseado no bem. Você não faz isso pelos outros, você faz isso por si mesmo.

Lei da Atração

Conhecendo a Lei da Atração, sabemos que aquilo que vibramos atraímos para perto de nós. Por isso, fica a pergunta: por que você, uma pessoa que busca sempre fazer o bem justamente estaria rodeado de pessoas que procuram tirar vantagem em tudo e com todos? Qual o seu real aprendizado no meio disso tudo? O que há em você que atrai eles para perto?

Nada é por acaso

Quando olhamos a nossa volta enxergamos o reflexo de nós mesmos nas pessoas que estão ao nosso redor. Existe um reflexo de algo nosso nelas que devemos com muita humildade buscar identificar para transmutar e assim seguir em frente, libertos. Nem sempre gostamos do que vemos, para então reconhecer algo nosso naquilo ou naquela pessoa. Mas se trata de um exercício profunde para deixar o ego de lado. Quem se ofende é o ego. Quem fica com raiva é o ego. Quem decide quem é vítima ou culpado é o ego, afinal, ele julga.

Virando a página

Somente conseguiremos seguir em frente quando não mais nos importarmos com expressões como o “eu sei”, “você está errado”, “eu tenho a razão”, “não acredito que você está fazendo isso!”, “que bobo fazer desse jeito”, “quem sabe você....”, “ninguém vai notar”, entre outras. Quando você se assumir e se empoderar das suas ações, independente do que os demais façam, é que você encontrará a paz dentro da sua consciência.

Um mundo melhor

Convido a você a parar e pensar em como seria o seu mundo ideal. Quando você decidir como desejaria que fosse o mundo, seja o primeiro a agir coerentemente nesse sentido. Nós fazemos o mundo e ele reflete o exemplo de quem somos. E isso se aplica tanto aos pensamentos, aos relacionamentos, quanto às nossas atitudes. Faça. Mesmo que o mundo esteja rumando para o precipício, mesmo assim, faça a sua parte. Certamente, a sua atitude irá, mais cedo ou mais tarde despertar a atenção de mais alguém e de mais alguém e de mais alguém...

Se cada um fizer isso, certamente mudaremos a realidade de onde estamos e ajudaremos a construir um mundo melhor para todos nós...

 

Ah! Compartilha esse artigo para aquela pessoa que você saber que precisa? E deixa aqui embaixo o seu comentário sobre esse assunto... Vou adorar saber qual é a sua opinião!

 

Um forte abraço,

 

Aline Schulz.