Fim de Ano e os Acordos Espirituais

Em 31/12/2020 , Comments

 

Por Giovanna Luz

 

 

Tensão Pré Ano Novo

 

Estamos na virada para um novo ciclo e muitas pessoas experimentam nessa época uma tristeza, um vazio no peito, uma melancolia inexplicável... de onde vem esse sentimento? Por muito tempo senti esse vazio principalmente em dois momentos: pouco antes do meu aniversário e no encerramento do ano. A tristeza antes do aniversário eu explicava com o chamado inferno astral, mas e a do final de ano? Quando conheci Aline Schulz, no início de 2016, encontrei a explicação...

 

Virada de Ciclo


A cada ciclo que vamos iniciar, nosso espírito faz uma Intenção, um propósito, o que os indianos chamam de Sankalpah. Essa intenção é tão forte que fica gravada em nós, mesmo que a nossa mente consciente não se lembre dela. E ao final do ciclo o nosso espírito nos cobra as realizações que prometemos. Isso é mais contundente quando falamos das intenções de uma vida inteira, nossos Acordos Espirituais, mas também acontecem com pequenos ciclos, como o ano do calendário ou o ano de vida que comemoramos no nosso aniversário. Desta forma, se no último ano não conseguimos nos alinhar às nossas intenções, não conseguimos caminhar no nosso Propósito, naturalmente o vazio no peito vem como um alerta, um aviso de mais um ano desperdiçado. E novamente nos vemos fazendo planos para o ano seguinte, que geralmente são os mesmos do ano anterior.
Particularmente, quando descobri a importância de me alinhar às minhas intenções e de caminhar a cada dia na direção do meu Propósito, percebi que ao final de cada ano não sentia mais aquela tristeza, mas uma imensa Gratidão. E mesmo os infernos astrais já não vieram mais com tanta força. Mas qual é o segredo para manter esse alinhamento?

 

O Segredo para a virada tranquila


Não precisamos aguardar o encerramento de uma vida para avaliarmos se estivemos percorrendo o caminho do nosso coração, não precisamos esperar o final do ano para perceber que não cumprimos as promessas do ano passado. Precisamos criar o hábito de nos autoavaliar em ciclos menores - talvez um mês, uma semana, ou a cada dia.
Se ao final de cada dia pararmos para observar como foi o dia em todos os aspectos, teremos mais chances de chegar ao final do ano com uma sensação de dever cumprido. Se a cada noite olharmos para nós mesmos, para os nossos olhos no espelho e para o nosso coração, e nos perguntarmos "hoje eu fui quem eu vim ser nessa vida?, como estiveram meus sentimentos, pensamentos e atitudes?", teremos mais forças para, no dia seguinte, fortalecermos nossa intenção, nosso Sankalpah, e nos mantermos mais próximos da nossa Verdade.

 

Gratidão 2020!


Nesse final de um ano tão especial, ao invés de reclamar por tudo o que não pudemos fazer durante o ano, ou pelas dificuldades que tenhamos enfrentado, podemos agradecer por todo aprendizado que pudemos obter, pelos Desafios e pelas Superações, pelas conexões profundas que pudemos fazer conosco mesmo e com as pessoas que amamos. Mesmo que tenhamos perdido pessoas queridas este ano, podemos agradecer por todo tempo que pudemos conviver com elas, na certeza de que o Amor permanece vivo no nosso coração.
E vamos para 2021 com nosso coração sereno, e hoje muito mais fortes que no ano passado.


Gratidão 2020! Seja muito Bem Vindo 2021!!!

 

Conheça mais sobre o meu trabalho clicando na imagem abaixo.