Descubra o que você combinou fazer nesta vida, com o Jogo da Autodescoberta:

Uma visão da Astrologia sobre os FRACASSOS nos relacionamentos

Em 01/08/2017 , Comments

Você deseja ter alguém ao seu lado? Sonha com uma relação incrível? Baseada em respeito, admiração, sexualidade intensa, lealdade e amor sincero? Ou você se decepcionou tanto que não acredita mais que seja possível ter um relacionamento amoroso único, de encontrar seu grande parceiro de vida? E por isso está escolhendo ficar sozinha, fechando as portas para essa possibilidade?

Relacionamentos

Muito já se falou sobre relacionamentos. Dicas, aulas, postagens, livros... Tudo para ajudar você a resgatar, manter e melhorar as suas relações. Tanto que nós da Caminho Solar percebemos o quanto esse assunto incomoda você. No mínimo, esse tema é delicado, concorda?  As perguntas, as reclamações, os depoimentos de pessoas nos contando seus problemas são tantos que não pude mais negar o chamado de socorro de vocês... Tanto que chegamos a criar um curso rápido e MUITO prático para trabalhar esse tema chamado Restart: Relacionamentos. Porém, como o foco aqui não é ele, se você quiser saber mais informações, clique no link abaixo:

>>LINK PARA INFORMAÇÕES SOBRE COMO MELHORAR, RESGATAR E MANTER SEUS RELACIONAMENTOS<<

Qual signo combina com o meu?

Ao longo desses anos quase 12 anos atuando na área do desenvolvimento pessoal, seja presencial ou online, uma das perguntas que mais escutei é:

“Aline, sou do signo X e estou com uma pessoa do signo Y. Nós combinamos? Vai dar certo? Seremos felizes? Qual o problema que surge quando esses dois signos decidem namorar, casar, constituir uma família?”

Relacionamentos que não dão certo

Está rindo aí? É muito provável que em algum momento você também pudesse querer uma garantia, que lhe trouxesse mais segurança no início da relação. Quando eu comecei a namorar o meu esposo, o Bruno J. Gimenes, calejada por ter casado antes e me separado (e não há como não se frustrar com um término de uma relação. São muitos sonhos, projeções e de repente, tudo desmorona...) eu busquei sim, na Astrologia, um respaldo. Maiores informações que me ajudassem a ter os pés no chão, saber o que esperar, ver o lado bom e aquele que precisarei ter paciência, enfrentar desafios. Antes que você me pergunte, sim, o Bruno sabe disso, hehehe... Fiz uma pesquisa dele antes mesmo de oficializarmos nosso namoro e lá se vão mais de 11 anos que estamos juntos. Saiba que foi muito importante para mim. Me ajudou muito! Credito uma parcela do nosso sucesso no relacionamento à Astrologia (isso não significa que não tenhamos nossos ‘poréns', mas perto da parte boa, são bem poucos).

Astrologia e os Relacionamentos – Webinário

Por isso, tendo recebido cartas escritas a próprio punho de 17 laudas (sim, cartas vindas pelo correio, não apenas em comentários no meu canal do Youtube, na minha Fanpage ou aqui no site), contando suas histórias de vida, que não aguentam mais seus relacionamentos, cheios de perguntas sem respostas e querendo muito compreender mais é que decidi trazer esse tema também através do olhar da Astrologia.

O link para você se inscrever e ter acesso a sala de aula é esse: CLIQUE AQUI 

Um alerta: as vagas são limitadas, por isso, se você se interessou você tem duas ações a serem feitas:

1- Se inscrever, aproveitar para assistir à aula de semana passada, postar as suas perguntas e comentários. Eu estou deixando essa aula aberta novamente, pois muitas pessoas estão me pedindo para assistir. Se você é uma dessas pessoas que me escreveu, aproveite a reprise...

2- Tudo na vida são relacionamentos. Se nossas emoções estão bem, conseguimos seguir em frente nos desafios. Por isso, compartilhe esse artigo ou a aula (lá na sala tem um botão no topo da página, no lado direito que diz: Compartilhar).

Alma gêmea

E, para finalizar, quem não deseja encontrar alguém com quem possa dividir uma vida a dois, se apoiando, se respeitando, vivendo em uma verdadeira parceria, cada vez mais aumentando a confiança, a lealdade e ainda se ajudarem nas suas caminhadas de evolução? Eu quero. Não busco, mas sim, minha meta é manter. Algumas vezes é o mais difícil... Outras vezes o mais difícil é conquistar ou resgatar. Cada uma sabe onde está o seu porém...

Perigo – Errando nos relacionamentos

Agora, no dia em que acontecerá a aula, 09/08/17, às 20h no link (CLIQUE AQUI) preciso te alertar para um ponto muito importante que está diretamente ligado a esse tema: a nossa LUA. Já parou para pensar o que a Lua revela sobre você? Seus relacionamentos? Suas emoções? Quando você sabe em que signo está a sua Lua você consegue compreender as suas reações, emoções e como isso afeta seus relacionamentos. Seus conflitos internos...

Incompatibilidade astrológica

Saiba que muitas vezes nós não somos compatíveis com nós mesmos... Que existem incompatibilidades entre os pontos principais do seu mapa: Sol, Lua e Ascendente (lembrando que nossa Lua fala das emoções, o Sol dos nossos pensamentos e o Ascendente das nossas atitudes) que podem fazer você ter foco para pensar em uma direção, sentir em outra e agir em outra completamente diferente!!! Sério! Isso é muito real... Acontece com a maioria das pessoas e ninguém NUNCA nos explica sobre isso. Eu mesma só fui aprender quando comecei a estudar Astrologia. Pensa em uma pessoa chocada! Era eu, quando descobri isso... Cheguei a ficar brava por ninguém ter me ensinado! Imagina quanto sofrimento desnecessário?! Sim, nem eu nem você precisaríamos ter sofrido ou pior, estar sofrendo nesse momento!

Vazio

Consegue entender por que tem tantas pessoas não conseguindo encontrar sua paz? Sabe o que a maioria faz (e você pode estar fazendo isso agora mesmo e nem percebeu)? Busca nos relacionamentos preencher suas lacunas internas. Resultado? Problemas! Atração de pessoas que não valorizam você, que não reconhecem a pessoa incrível que você é, que tem segundas intenções, que lhe traem (e às vezes com seus melhores amigos!)

Por isso, se você não quer sofrer mais ou quer acertar de vez, você tem um encontro marcado comigo, no dia 09/08/17, às 20h. É hora de olhar para si e ver como quem somos ou ainda buscamos ser está se refletindo nos nossos relacionamentos.

Forte abraço,

Aline Schulz.