Descubra o que você combinou fazer nesta vida, com o Jogo da Autodescoberta:

A chave da sua transformação está no seu Sistema Familiar

Em 05/09/2017 , Comments

Já parou para pensar quantas vezes você empacou na vida? Quantas vezes se sentiu injustiçado, mal-amado, não se permitiu extravasar por medo, por necessidade de saber onde estava pisando? Que seus problemas de relacionamentos estão vinculados a emaranhamentos familiares?

Família

Cada família guarda seus segredos. Cada família tem em si muitos antepassados que também tiveram dilemas e situações que marcaram suas vidas. Já se perguntou como isso se refle em você hoje? Como os aprendizados não concluídos dos seus antepassados podem estar buscando em você uma voz para se manifestar?

Você, que até pode ter sido seu próprio tataravô e que hoje está buscando resolver algo semelhante, só conseguirá avançar na vida quando entender como tudo isso funciona. Enquanto não entendemos ou nem sequer sabemos da existência das Leis Sistêmicas em Família, iremos ser muito mais um reflexo do que nós mesmos. Afinal, o comportamento dos nossos antepassados em relação às mulheres ou aos homens, como diz Manné Joy em seu livro As Constelações Familiares em sua Vida Diária, afeta nossa aptidão para criar bons relacionamentos.

Vidas Passadas – resgates em família

Herdamos karmas de vidas passadas que nos fizeram se aproximar dessa família. Essa herança, como falei, pode vir de nós mesmos quando ocupamos esse papel no sistema familiar ao qual estamos inseridos hoje. Por isso eu te pergunto:

- Será que as crenças que você tem hoje são suas?

- Será que você age dessa forma porque você é assim?

- Será que o que você sente é seu?

- O seu estilo de vida defende qual antepassado seu?

Essas e outras perguntas se tornam cruciais para quem deseja se libertar, que está cansado de cometer erros através de atitudes que não compreendem por que repetem. O efeito é devastador: culpa, carência, sentimento de abandono, uma tristeza que parece não querer ir embora, situações cíclicas com relação dinheiro, relacionamentos...

Pai e mãe

Mesmo que tentemos controlar nosso comportamento, somente conseguiremos evitar sofrimentos para as gerações futuras se olharmos com muito carinho para o nosso passado, a começar pelos nossos pais. Aceitar a mãe e seu pai como os melhores pais possíveis para você é libertador. Significa honrar seus papéis fundamentais em suas vidas. Reconhecer que se não fosse por eles você não estaria aqui, vivo. Por isso, é preciso olhar para eles com respeito, porque o que nos deram, jamais conseguiremos retribuir: o direito à vida.

Agora, como lidar com campo energético familiar do qual ignoramos a existência? Identificarmos a sua influência mesmo quando ela permanece longe da nossa consciência? 

Constelação Familiar

Através das Constelações Familiares conseguimos compreender que a natureza do nosso campo de energia que vem da nossa família é determinada pela religião, crenças, cultura na qual nascemos, e moldada por acontecimentos marcantes que ocorreram. Por exemplo: violência familiar, aborto, traição, assassinatos, parto prematuro, morte no parto, filhos fora do casamento, falência, roubo, mentira, abandono, entre tantos outros. É importante entender que tudo o que foi feito que não foi bom, obriga as gerações futuras a compensar, equilibrar a balança.

Esse tema é amplo e muito profundo. Envolve segredos de família... Situações que não nos são ditas por vergonha ou até mesmo desconhecimento por parte dos nossos pais, que também ignoram a sua existência, mas que estão afetando a todos que pertencem a essa família. É por isso que eu estou aqui para te avisar que começou a Semana da Constelação Familiar organizada e ministrada pelo meu grande amigo e especialista em Constelação Familiar e de Negócios Nelson Theston.

>>CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS<< 

Chegou a sua hora de sair da ignorância e entender de onde vem o que representa cerca de 70 a 80% do que você é hoje.

Vai lá e depois me conta o que achou? Se valeu a pena?

Alerta

Ah! Preciso te alertar de uma coisa: eu não indico ninguém que eu não conheça, que eu não a perceba idoneidade naquilo que diz e faz, não tenha experimentado para validar e então recomendar. O Nelson Theston é uma dessas pessoas. Se prepara para se surpreender com o que ele irá te revelar.

Outro detalhe. Todos temos família, todos temos um pai e uma mãe, do contrário não teríamos nascido... Por isso, se esse tema te chamou a atenção, compartilha esse artigo para que mais pessoas possam tomar conhecimento de algo que ninguém nos ensinou e que nos faz ficar presos a comportamentos que nos afundam, incitam ao erro ou, como diz Manné, a ter comportamentos que nos levam a nos arrepender logo depois de termos cometido.

Um grande abraço,

Aline Schulz.

PS.: Bibliografia citada: MANNÉ, Joy. As Constelações Familiares em sua Vida Diária. SP, Ed.: Cultrix, 2008.